“Quantos você leu?”

“Quantos livros dessa lista você já leu?”
“Empresa NobodyCares Inc. listou os livros mais importantes do mundo.”
“Clássicos: você já leu todos?”

Urgh.

Talvez as listas mais caóticas e simplistas do mundo, as do tipo “quantos você leu?” são de deixar qualquer um tenso. Não me leve a mal; eu adoro listas em geral. O que me incomoda em relação a essas é a proposta de que você precisa ter lido as obras citadas. A intenção delas não é levar ao leitor novas experiências e sim obrigá-lo a ler conteúdos considerados importantes (por quem?) para a sua formação(?).

Ok, eu acredito que a leitura é relevante na formação do indivíduo. Isso não é somente por seu valor moral mas também em função da alfabetização. Histórias são pontos chaves para que a sociedade continue se desenvolvendo, sejam elas na forma escrita, oral, digital… enfim, seja no formato que quiser. Porém não há um estilo literário específico que ensine mais do que o outro. Cada um de nós encontra o conhecimento que procura em diferentes lugares, razão pela qual o que para mim pode ser majestoso para outros é simples e sem graça.

Claro que tem o outro lado: se não forçamos leituras diferentes de vez em quando nossa visão se mantém fechada para o mundo. Listas como “desafio do mês” proporcionam esse empurrão de forma muito divertida e sem pressão. Ao invés de propor livros específicos, elas trazem ideias mais abrangentes como “um livro com mais de 1000 páginas” ou “uma biografia”.

Agora, quando alguém propõe uma lista em que a chamada é “O livros mais importantes já escritos. Quantos você já leu?”, é óbvio que não se trata de um empurrãozinho; é um verdeiro chute nas costas. O que me incomoda mais é que talvez nem pareça ser grande coisa para a maioria das pessoas, mas quando se tem ansiedade esse tipo de lista soa como obrigação. Eu já fui guiada por duas dessas listas, e deixa eu te falar: é a maior roubada.

Entre vários erros e detalhes que parecem passar despercebidos por quem cria essas listas, tem três que parecem se repetir em quase todas elas:

  1. A Bíblia?
    Bom, eu até entendo toda a explicação de que é importante ler a Bíblia mesmo que você não seja religioso por sua importância no meio literário e por ser uma visão da sociedade da época. Porém onde está o Alcorão? O Tao Te Ching? Os Vedas? Todos os outros livros sagrados de outras religiões????
    .
  2. Autor x4,
    Sim, eu sei que Austen é importante para o meio literário por sua representação da época, fortes personagens femininas e crítica (debatível) do mundo em que vivia. Agora, precisa mesmo de 4 livros dela? E para que tanto Tolkien, Dickens, Twain… Já entendi que eles são importantes, obrigada.
    .
  3. Séries
    A série completa de Harry Potter, todas as obras de Shakespeare, as Crônicas de Nárnia… Não faz sentido algum acrescentar séries ou mesmo todos os livros de um autor. Se for assim, mude o nome da lista para o nome do autor de uma vez..

E para finalizar, tem algo que sempre me soa um pouco sem sentido. Algumas listas são mais voltadas para um nicho mais fechado, porém a maioria é montada a partir de livros que estouraram em algum momento. Eu entendo essa lógica, afinal best sellers falam muito sobre a sociedade; o que não entendo é a razão pela qual livros como 50 Tons de Cinza e Crepúsculo não entram nelas. São bons livros? Não. Bem escritos? De jeito nenhum. Mas se essas são razões válidas, o que O Apanhador no Campo de Centeio, O Diário de Bridget Jones e outros fazem nelas?

Enfim, não entendo porque as pessoas perdem tempo forçando outras a lerem histórias “importantes”. Simplesmente deveriam assumir que são importante para a quem fez e é isso aí. Ponto. Sem frescuras nem drama.

Urgh.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s