Autor da semana: Haruki Murakami

Haruki Murakami se tornou um dos grandes nomes literários contemporâneos. Com sua escrita fluida e seus mundos criados sobre a fina linha que separa a realidade da fantasia, ele foi ganhando espaço no mercado universal, principalmente no brasileiro.

Murakami nasceu no Japão em 1949, filho único de um casal de professores de literatura Japonesa. Influenciado por autores como Franz Kafka e Charles Dickens, muitos consideram que sua escrita é um tanto ‘ocidentalizada’, principalmente se comparado com outros grandes nomes da literatura Japonesa como Yasunari Kawabata (A Casa das Belas Adormecidas) e Jun’ichiro Tanizaki (As Irmãs Makioka). Ao contrário de alguns escritores, Murakami começou a escrever somente aos 30 anos:

“Eu não escrevia antes disso. Eu era somente uma dessas pessoas comuns.” (MURAKAMI, 1994)

Seu primeiro romance foi Ouça a Canção do Vento (Kaze no uta o kike, 1979), escrito a partir de uma partida de baseball. Tendo em vista o moderado sucesso, Murakami se sentiu impulsionado a continuar escrevendo. Hoje ele conta com pelo menos 21 livros traduzidos para o inglês, sem contar com os contos e artigos sem tradução.

Seu primeiro grande sucesso no Brasil foi a trilogia 1Q84, traduzida por Lica Hashimoto. Em uma entrevista para a revista Época, Hashimoto observa que apesar do texto simples, Murakami tem grande versatilidade e fluidez em sua escrita. Não é para menos: seus livros envolvem o leitor de tal forma que é difícil parar de ler. Porém apesar de parecer um trabalho muito fácil, ela observa que não é bem assim:

“Seu texto é relativamente simples, mas exige do tradutor muitas leituras complementares para enfrentar o processo tradutório, como referências históricas, literárias, científicas e musicais.” (HASHIMOTO, 2012)

Hoje o mercado literário brasileiro conta com pelo menos 14 obras, traduzidas por Lica Hashimoto, Leiko Gotoda e Eunice Suenaga, entre outros.

Eu tenho um verdadeiro apreço por Murakami. Me arrisco a dizer que ele é o melhor autor da atualidade, ainda que outros façam mais sucesso. Meu primeiro encontro com ele se deu através de 1Q84, livro que li por acaso. A partir daí passei a ler tudo o que conseguia encontrar, me encontrando por fim no livro The Wind-Up Bird Chronicle (sem tradução para o português), que se tornou o meu favorito.

Ler Murakami não é difícil, mas seus textos algumas vezes requerem momentos de reflexão. Algumas de suas obras podem ser lidas em algumas horas; outras levam mais tempo por sua densidade. Na lista a seguir separei – com muita dor no coração – quatro obras que acredito serem interessantes àqueles que tem interesse em entrar no mundo de Haruki Murakami.

  • 1Q84
    Vendido no Brasil como uma trilogia (em alguns países é vendido como um só livro), duas histórias são narradas: as dos jovens Aomame e Tengo. Uma história onde mundos paralelos, seitas e assassinatos se encontram intricados em uma série de eventos que beiram ao absurdo, os dois jovens tentam encontrar um ao outro, e no fundo, a si mesmos.
    O mais interessante desse livro é a normalidade dos absurdos que ocorrem na vida dos personagens. A formal casual com que Murakami escreve sobre situações peculiares toma conta do leitor, criando uma fina camada de fantasia sobre a realidade do nosso dia-a-dia.
  • Norwegian Wood
    Toru, um jovem quieto e sério, tem como melhores amigos Naoko e Kizuki. Após a morte de Kizuki, Toru se vê adaptando sua vida e se encolhendo cada vez mais perante ao mundo, enquanto Naoko quebra sob a pressão e responsabilidade que a vida lhe traz. Apaixonado por ela, Toru se vê entre esperar pela melhora de Naoko e aproveitar a vida ao seu redor.
    Um dos livros mais famosos de Murakami, Norwegian Wood é para aqueles que gostam de histórias mais românticas – mas não se engane! Não falo de um romance ao estilo Nicholas Spark ou Rosamunde Pilcher, mas sim em uma história onde a rotina e a realidade amadurecem um amor jovem e sem esperanças.
  • Kafka à Beira-Mar
    Kafka é um jovem assombrado pelo pai com quem mora, e pela fuga de sua mãe e sua irmã. Para evitar um destino previsto pelo seu pai, o jovem parte de casa à procura de sua mãe. Paralelamente, um homem de sessenta anos chamado Satoru Nakata conversa com gatos e se vê levado em direção à Kafka, por motivos que ele não consegue explicar. À medida em que seus caminhos vão se aproximando, o mundo começa a cair em caos.
    Talvez o livro mais maduro e denso de Murakami, há muitos temas interessantes e referências claras à obras conhecidas. De Thoreau ao mito de Édipo, o livro traz vários questionamentos sobre a vida e sobre as relações do mundo com o ser humano. Com certeza é um dos melhores romances de Haruki.
  • Dance, Dance, Dance
    O protagonista desse livro é um escritor que procura encontrar uma antiga namorada desaparecida. Ele resolve começar a procurar no Hotel do Golfinho, onde a viu pela última vez. A partir daí um mundo metafísico, violento e sensual se abre perante ele, onde um homem ovelha é seu guia e as respostas nem sempre são claras.
    Uma verdadeira mistura de gêneros literários se encontram nessa obra. Mistério, violência e comédia transformam o livro em uma história fantástica e divertida, onde nem tudo pode ser explicado.

Por fim, termino esse post com uma de minhas passagens favoritas de Haruki Murakami:

“É possível, em uma análise final, um ser humano entender perfeitamente outro? Podemos investir muito tempo e energia em conhecer por completo outra pessoa, mas no final, o quão perto conseguimos chegar de sua essência? Nos convencemos de que conhecemos bem o outro, mas será que realmente sabemos algo importante sobre alguém? – The Wind-Up Bird Chronicle (tradução livre)

Referências:

Haruki Murakami by John Wesley Harding. BOMB Magazine, 1994.
Acesso aqui.

Entrevista de Lica Hashimoto por Felipe Pontes. Revista Época, 2012.
Acesso aqui.

Foto:
Os livros foram publicados pelas seguintes editoras:
– Knopf: Wind/Pinball
– Harvill Secker: The Strange Library
Alfaguara: 1Q84 – Livro 1, 2 e 3
Vintage: todos os outros livros.

Advertisements

One thought on “Autor da semana: Haruki Murakami

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s