The Folio Society traz uma nova impressão: The Bayeux Tapestry.

Em 1066 a famosa Batalha de Hastings foi travada entre o exército normando de William II e o exército inglês de Harold II. O resultado? Os normandos venceram, e apesar de sofrerem uma grande resistência da população inglesa, em 1075 acabaram por fim assegurando o trono. Tamanha batalha não podia deixar de ser ignorada, e … Continue reading The Folio Society traz uma nova impressão: The Bayeux Tapestry.

Palavrarte

Recentemente li Do Not Say We Have Nothing, de Madeleine Thien. Talvez um dos livros mais bonitos que já li, ele parece pertencer ao mundo ao mesmo tempo em que conta histórias pessoais de dor e alegria. Grande parte do livro se situa entre os anos 1956-1980, época em que a China passava por um … Continue reading Palavrarte

Sobre Callipathos

Callipathos. [noun] Informal: beautiful suffering; beautiful pain; the romanticisation of pain. Etymology: from Ancient Greek καλός (kalos), κάλλος (kallos) - ‘beautiful’ and πάθος (pathos) - ‘suffering’. Na primeira vez em que li essa palavra eu passei batido. No momento ela me parecera só mais uma palavra estranha, uma a mais entre as mil que leio a cada dia. Em um mundo onde … Continue reading Sobre Callipathos

São três da manhã e meu coração pesa. Uma mão gelada aperta lentamente meu coração, como se precisasse espremer tudo o que existe nele. Minha respiração fica mais rápida e chego a acreditar que tem pequenas pedras puxando meus pulmões para baixo. O mundo vai parando, até que tudo parece morrer, tornando o som do … Continue reading

Olhar

Em minha mente tem um museu. É um local pequeno, com chão de madeira e paredes bem brancas. Um leve cheiro de flor de maçã cobre o ambiente, espalhado por uma brisa delicada e refrescante. Ao contrário da maioria dos museus, esse só possui quatro quadros, pendurados um ao lado do outro. Os quadros são … Continue reading Olhar

“Butcher’s Crossing” e a Literatura Transcendentalista

A literatura Transcendentalista é marcada por nomes como Ralph Waldo Emerson e Henry David Thoreau. Esses dois autores começaram uma revolução literária e filosófica que viria a se tornar a base de quase todo o pensamento literário norte-americano. Os ideais de liberdade, humildade e principalmente a necessidade de se encontrar em meio à natureza são … Continue reading “Butcher’s Crossing” e a Literatura Transcendentalista